Ainda pode-se afirmar que a esposa deve ser submissa ao seu marido?

Tags

, , ,

Por Peter R. Scott

Traduzido por Andrea Patrícia

 

Ainda pode-se afirmar que a esposa deve ser submissa ao seu marido, dadas as mudanças na sociedade moderna?

A devida submissão da esposa ao seu marido pode ser considerada em dois planos diferentes:

• em primeiro lugar no da lei natural, homem e mulher tendo cada um funções profundamente diferentes no bloco de construção da sociedade que é a família;

• e em segundo lugar no plano sobrenatural.

Esta segunda perspectiva é de longe a mais importante, e ilumina toda a vida de casado. Porque a submissão de uma esposa ao marido é totalmente clara na lei natural a qualquer mulher que não tenha sido contaminada pelos princípios do liberalismo rebelde, que é confirmada explicitamente no Novo Testamento. São Paulo, no quinto capítulo de sua epístola aos Efésios, estabelece os princípios. O marido tem, em virtude do sacramento do matrimônio, sempre de imitar a Cristo no seu amor pela Igreja, e a mulher tem sempre, em virtude do mesmo sacramento, que imitar a Igreja no seu amor por Cristo. Assim, o homem é realmente a cabeça de sua esposa, e tem o dever de assumir a liderança, enquanto que a mulher deve se esforçar para ser o coração respondendo e dependendo da cabeça.

O Papa Leão XIII trata dessa questão explicitamente na sua Encíclica Arcanum Divinae Sapientiae de 10 de fevereiro de 1880:

O marido é o chefe da família, e a cabeça da mulher. A mulher, porque ela é carne da sua carne e osso dos seus ossos, deve ser sujeita a seu marido e obedecer-lhe: Não na verdade como uma serva, mas como uma companheira, de modo que sua obediência não deve faltar nem em honra nem em dignidade. Desde que o marido representa Cristo, e desde que a mulher representa a Igreja, que haja sempre, tanto nele que comanda quanto nela que obedece, um amor nascido do Céu a guiá-los em suas respectivas funções. Pois “o marido é a cabeça da mulher, como Cristo é a cabeça da Igreja … Assim como a Igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres o sejam a seus maridos em todas as coisas” (Ef 5,23 -24) (Matrimony, Papal Teachings, pelos monges de Solesmes, p. 141).

Uma vez que a natureza do homem não pode mudar, nem pode a lei natural, e uma vez que a revelação divina foi completada com a morte do último dos apóstolos, isso não pode mudar no plano sobrenatural também. A fim de resistir à corrupção da natureza e dos dons sobrenaturais de Deus, maridos e esposas precisam se lembrar que eles não pertencem a este mundo, caso contrário, o liberalismo moderno de hoje terá sucesso em destruir a família. Os maridos, conseqüentemente, assumem a responsabilidade e a liderança mesmo quando se sentem inadequados, e as esposas terão prazer em negar sua própria vontade e obedecer a seus maridos.

É essa autoridade de um homem sobre sua mulher (não dos homens sobre as mulheres), que os liberais detestam, e que, infelizmente, o Papa João Paulo II lutou contra com base nos falsos direitos do homem. Em sua análise da mudança do ensinamento, o autor Luigi Accattoli não hesita em afirmar (com aprovação) que o papa “corrige o ensinamento de São Paulo” (When a Pope Asks Forgiveness [Quando um Papa pede perdão], Alba House, pg.105-108, 1998).

No que diz respeito à natureza radicalmente feminista da afirmação da igualdade de marido e mulher no casamento, basta citar algumas passagens do autor acima, que são baseadas na Encíclica do papa Mulieris Dignitatem, de setembro de 1988:

“O mais ousado toque também é encontrado em Mulieris Dignitatem, que contém um resumo das referências bíblicas para as mulheres individuais e até mesmo corrige dois mil anos de interpretação das passagens de São Paulo, que descrevem o homem como a “cabeça” da mulher. Ele até corrige São Paulo – ou o que é baseado na antiguidade de seus escritos – quando ele afirma: “Todas as razões a favor da submissão da mulher ao homem no casamento devem ser entendidas no sentido de uma submissão recíproca de ambos no temor de Cristo”.” (Ibid., citando Mulieris Dignitatem 9; 24).

Accattoli é certamente preciso em apontar que esta é uma transformação radical no ensino da Igreja. Ninguém poderia duvidar de que a letra e o sentido de São Paulo são de uma submissão unilateral, e que o papa, reinterpretando-a como uma “submissão mútua” tanto esvazia o texto de todos os sentidos quanto vai diretamente contra a revelação divina por causa de seus princípios humanísticos e falsos sobre a igualdade e a dignidade do homem.

Esposas verdadeiramente femininas, conseqüentemente, abominam esta perversão feminina da Verdade Católica, e praticam a submissão e a obediência que tanto a natureza quanto a graça as inclinam a praticar.

Original aqui.

_______________________

Nota:
O padre Peter Scott é da FSSPX.

Retalhos: ideias para uma casa mais fofa

Tags

, ,

Eu gosto muito dessas coisinhas com jeitinho de fazenda, de casinha do campo, coisas que lá fora chamam de cottage ou country. Gosto muito. E uma das coisas que dá um ar bem cottage a uma casa é ter objetos artesanais. Quando são feitos com retalho então…ficam muito fofos!

Vejam algumas ideias de objetos que podem ser confeccionados com retalhos.

Primeiro os mais conhecidos de todos, as colchas e mantas:

Fronhas e capas de almofadas:

Coisinhas para cozinha:

Toalha americana

 Pegador de panela

Avental

vida

Painéis decorativos e paredes:

E outras coisinhas:

Porta-chaves e chaveiros

Porta-agulhas e apetrechos de costura

Gola avulsa

Botões

Carta de pano

Lustre

Árvores de Natal

Porta-trecos

Casinha de boneca

Guirlanda

Sofá

Cômoda

vida

Fofura em casa.

Saia longa rosa pálido com blusa florida

Tags

, , , ,

As estampas floridas de fundo escuro estão na moda. Podem ser muito bonitas como esta da foto. Eu gosto bastante.

Aqui ela usou uma saia longa em tom de rosa pálido, combinada a uma blusa com estampa marcante, como já mostrei aqui antes.

Achei interessante unir a suavidade do rosa clarinho com a força do preto e das franjas boho.

 

O cuidado maior é com a transparência que pode se dar devido ao tom clarinho da saia. Então lembre-se de usar uma anágua ou outra saia por baixo para que isso não aconteça. O decote em V pode revelar seu busto, então atente para isso.

Florido e suave.

Colégio São Bento e Santa Escolástica

Tags

 

Educação é algo tão importante! E como é bom saber que ainda existe gente interessada em educar verdadeiramente as crianças, com amor a Deus em primeiro lugar.
Você quer colaborar com a educação para crianças? Então ajude o Colégio São Bento e Santa Escolástica! Veja como ajudar, clicando aqui.
 
Os dados para doação:
 
Banco: Itaú
Titular: SC MANTENEDORA MOST SANTA CRUZ
Conta: 47957-8
Agência: 0222
CNPJ: 30.171.417/0001-88.
 
Vamos contribuir para uma educação católica!
 
 

Blazer branco com saia longa

Tags

, , ,

Vocês já devem ter reparado por aí que o blazer voltou com tudo e que o modelo branco parece ser o mais cotado para este ano. Bom, queridinho ou não, o que importa é como usar essa peça.

Você pode pensar: como combinar o blazer com saia? Na foto acima vemos como ficou belo, elegante e feminino. O cinto deixou o visual mais alinhado e a saia boho ficou mais sofisticada usada assim.

O cuidado é com as blusinhas de gola baixa como esta que ela usa por baixo (deve ser uma regata). Lembre-se que quanto mais longe da cova da garganta, mais irá aparecer seu colo, portanto para um visual modesto prefira golas mais altas.

Inspire-se!