Tags

, ,

Por Carmen Velado*
Traduzido e adaptado por Andrea Patrícia

 

Como se adquire e se mantém um estilo pessoal elegante e atraente? Como se faz e se veste a moda no trabalho de tal forma que se apresente uma imagem profissional? É questão de vaidade? Estas são algumas das inquietações de muitos (as) profissionais preocupados com contar com uma vantagem competitiva em um mundo cada vez mais globalizado.

O primeiro ponto que cada homem e cada mulher devem descobrir por si mesmo é que o modo de apresentar-se diante de outros está intimamente vinculado com o que somos, com nossa dignidade de pessoas e de Filhos de Deus.

A convicção de nossa alta dignidade impulsionar-nos-á a refletir na conduta (linguagem corporal) e no porte externo precisamente essa condição. Vista desta maneira, A Apresentação Pessoal ou Imagem se torna um instrumento de comunicação humana. Expressam-no assim conhecedores do tema ao afirmar que o vestir-se expressa a alegria e a tristeza, a autoridade e o poder, o orgulho e a simplicidade, a riqueza e a pobreza, o sagrado e o profano.

Como Meio de Comunicação, A Imagem Pessoal deve expressar a Verdade para poder cumprir com a missão de instrumento de relação com outros. Sabendo que uma das verdades mais profundas do ser humano é sua condição de Pessoa, esta deve transmitir-se com a moda que se vista. A elegância e uma boa presença pessoal elevam os pensamentos e os desejos de espírito, facilitam a convivência e refreiam os possíveis movimentos tortos de nossa natureza.

A Moda que usamos também se torna uma forma de Marketing Pessoal, o qual acentua os atributos ou qualidades verdadeiras da pessoa. Em outras palavras é PARECER O QUE SE É, a qualidade de “suavidade” de um sabonete de bebê está refletida no desenho e na cor pastel do pacote. Em um profissional sua imagem deve refletir a maior quantidade de informação verdadeira a respeito dele ou dela para gerar confiança. Em um mundo cada vez mais globalizado, o marketing pessoal deve ser utilizado para enviar uma mensagem de que se vive e atua conscientes da própria dignidade, dando ao mesmo tempo a conhecer no traje informação sobre o grupo trabalhista ao que se pertence, estilo de vida e valores da pessoa.

Vestir-se de acordo à profissão se refere a vestir-se de acordo com o trabalho profissional habitual. Todas as pessoas têm um duplo plano de desempenho profissional: o trabalho da casa (que consiste em conseguir ter um lar luminoso e alegre) e o de fora de casa (escritório, universidade, laboratório, campo, etc.).

Portanto, A Moda que se selecione para formar o guarda-roupa deve ajudar a criar e manter o prestígio em ambos os âmbitos de desempenho profissional. A aparência agradável e harmoniosa deve contribuir para que o trabalho como mãe ou pai seja melhor; e definitivamente uma imagem com presença permite influir mais eficazmente na empresa e na sociedade.

No campo da Moda, onde se exercitam inumeráveis virtudes, como a moderação, a pureza, o desprendimento, a modéstia, o pudor, a retidão de intenção, deve-se utilizar a Apresentação Pessoal para ser um líder de líderes, dando um testemunho de dignidade pessoal que atraia e que arraste a outros pelo caminho do bem, com fogo que acenda em desejos de vida limpa e autenticamente humana.

* Carmen Velado é licenciada em administração de empresas (graduou-se com menção honorífica). Tem dez anos de experiência executiva e de consultoria nas áreas de Marketing, Imagem Profissional, Relações Públicas e Humanas e Ética Profissional, em empresas e instituições salvadorenhas assim como norte-americanas e guatemaltecas.

Participou como convidada especial em programas de capacitação e desenvolvimento da mulher. Também trabalhou com a importante casa francesa Chanel.

Atualmente é consultora independente. Sua missão é a de prover às empresas seminários de excelente qualidade para obter o completo desenvolvimento pessoal e profissional da equipe de Executivos dos diferentes níveis corporativos.

Original em Sheila Morataya